segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

pretérito imperfeito.

Não importa se hoje já nada faz sentido, se o amanhã suavizar o passado tão pouco perfeito... Em sonhos lembrar-me-ei dos sorrisos que foram muito nossos e do céu azul, das estrelas cintilantes, do sol rutilante que cobria a nossa alma. Será desta forma que existirás em mim até que o meu coração pare de bater, até que a minha alma trespasse a vida e eu não saiba mais viver?
(imaginação)

16 comentários:

  1. r: pode ser que essa pessoa um dia chegue :)

    ResponderEliminar
  2. Deixa lá, não és a única aqui do blogue. Vê pelo lado positivo, nao bates com a cabeça na porta, etc etc etc

    ResponderEliminar
  3. r: olha que não me importava nada :p mas vou sempre pra Lisboa..

    ResponderEliminar
  4. r: ao quisto que tem no peito,obrigada <3

    ResponderEliminar
  5. Está lindo o teu texto, adoro a maneira como escreves! R: Merci merci ♥♥

    ResponderEliminar
  6. R: Isto passa querida, já estou habituada...

    ResponderEliminar
  7. Nice*
    Podíamo-nos seguir uma à outra!?
    Diz-me se me seguires e seguirei de volta (:
    Beijinhos,
    www.flordemaracuja.pt

    ResponderEliminar
  8. Mas, se achas que esse método não serve para ti, é melhor mudares. Experimenta vários, até te orientares. Às vezes, eu acho que o problema de nós termos notas mais baixas e muitas vezes sermos infelizes na nossa vida escolar é que a escola que temos nos deixa muito pouco tempo para nos organizarmos, nos orientarmos e descansarmos também. É tudo em cima de tudo. E os professores incentivam-nos a decorar. Isso não é bom. Aprendemos muito pouco assim :/

    Querida, mudei um bocadinho o meu blogue, bem como o URL, por isso, não estranhes quando lá entrares :p

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  9. r: Eu hoje fiz 47. No primeiro período tinha feito 60 e poucas... Logo piorei ahah, sou um desastre :p

    ResponderEliminar