quinta-feira, 8 de março de 2012

 


Estava à beira do abismo quando senti uma lágrima instantânea descambar sobre uma rocha, voltei-me para trás, fitando um último olhar pela cidade estrondosamente bonita, sentia-me em estado de estertor e em breves minutos tudo acabaria ...
«Amor, não ! » , olhei bem ao fundo da foz e ... era ele. Ele ama-me, ele não me abandonou !

Ps: Participem no desafio da Marcela , para quem não sabe consiste em escrever uma história de um amor impossível (:

7 comentários:

  1. Muito obrigada pelo comentário e adorei o texto (;

    ResponderEliminar
  2. ó muito obrigada fofinha! <3
    Mais um texto lindo (:

    ResponderEliminar
  3. Gostar até gosto, mas não me sinto á vontade a usá-la :o

    ResponderEliminar
  4. sim foi , fez-me bem :)
    - este post fascinou-me

    ResponderEliminar
  5. Até gosto... mas gostava saber fazer *.*

    ResponderEliminar